Pfizer Summit 2015

0

Screen Shot 2015-02-07 at 23.33.32

De quando em vez surge um desafio diferente. Não é a primeira vez que aceito falar para uma classe profissional que nada tem a ver com a minha (story of my life), mas por vezes surgem convites que de tão diferentes se tornam em aliciantes aventuras. Há uns anos, em Coimbra uma das minhas palestras foi integrada num Congresso de Reumatologia (a convite do então Presidente da Sociedade Portuguesa da especialidade, o Dr. José Pereira da Silva), tentando “desmontar” alguns mitos da utilização de tecnologia informática por parte de profissionais de saúde. Divertimo-nos bastante, porventura mais eu próprio do que a autêntica constelação de especialistas que tive como plateia.Desta vez, o desafio aumentou…

Na plateia umas centenas de profissionais de Medicina na área da Dermatologia e da Reumatologia. No programa, uma série extensa de matérias inacessíveis ou mesmo impenetráveis, mas às quais prestei toda a minha atenção (e aprendi bastante). Não tive dúvidas na primeira frase que proferi: “Bom dia. Sinto-me tão pequenino perante os vossos saberes…”.

O objectivo era, de forma ligeira e descontraída, apontar ferramentas, mostrar caminhos, apontar algumas falhas crassas na utilização de tecnologia. Como resolver problemas que todos temos, de forma gratuita, alinhando melhores práticas. Sempre com o objectivo pedagógico de criar melhores utilizadores e o de mostrar caminhos alternativos a hábitos que vamos enraizando muitas vezes sem qualquer sentido.

IMG_6341

Quarenta e cinco minutos (um pouco queimados, é certo) mas plenos de ensinamento e boa disposição. No final, (e sim, teríamos gasto mais algum tempo…), a certeza de que os destinatários, sumidades nas suas áreas, aprenderam algo, adicionaram às suas bagagens mais uns gramas de conhecimento que pude transmitir. É tudo o que é necessário para (mais) um “Game, set and match”. Dizem-me que o outcome da votação de avaliação final ficou algures entre o Muito Bom e o Excelente. ao nível da organização irrepreensível do evento e das instalações. À Maria Design e à Pfizer, que me acolheram nesta iniciativa, os meus agradecimentos.

E raramente penso neste assunto, mas de quando em vez a realidade toca-me à campainha (e sucede que estou em casa para atender). Estava eu a descomprimir durante uns segundos antes de ser chamado ao palco para a minha intervenção quando deparei com as mesas do secretariado repletas de sinalética respeitante aos oradores. Procurei o meu nome até o encontrar. E quando subia as escadas para o púlpito nada mais me ocorreu que a frase “…tinhas acabado o curso e já não passavas por esta situação…”

IMG_6328

 

 

 

Share.

Leave A Reply

Social Media Icons Powered by Acurax Wordpress Development Company